Translate

domingo, 27 de setembro de 2015

Chapeu de criança - Bucket Hat

Primeiro, tenho de pedir desculpa pela fraca qualidade das fotografias. Neste momento estou sem máquina fotográfica, e apenas posso contar com o telemóvel para tirar as fotografias das minhas costuras.

Perdi o cabo que liga a máquina ao computador. Já tentei em várias lojas e nada. Já encomendei online e agora é esperar que chegue e que sirva.


Mas, vamos ao que interessa.
O pequenino começou as aulas esta semana. Um grande marco na vida dele. Tem estado com os avós e, pela primeira vez na vida dele vai para a escola.
Não tem sido fácil. Tem chorado todos os dias quando o deixo lá. Mas temos de dar tempo ao tempo e, sei que daqui a umas semanas ele vai gostar de ir para a escola.

Ora, um dos itens da lista de material era um chapéu estilo panamá amarelo. Percorri as lojas e nada. Os chapéus que tinham era demasiado pequenos.

Fui à Feira dos Tecidos, comprei sarja amarela e decidi fazer eu o chapéu para ele.


O molde que escolhi encontra-se no site de Oliver+S, onde se especializa em moldes para criança. Já lançaram vários livros e no site têm alguns moldes grátis.
Entre eles, este. O Bucket Hat, em português o chamado "panamá".


Não vou dizer que foi fácil. E como era o primeiro chapéu que fazia, demorei mais tempo. Mas assim que se faça o primeiro, os outros seguintes serão muito mais fáceis.


Tem a vantagem de ter uma aba bastante grande, o que o vai proteger do sol, no pescoço e cara.


E também pela aba ser grande, podemos "brincar" com ela e experimentar vários "looks".
Como levantar a aba frontal:


Ou levantar as abas laterais e fica com um estilo "cowboy":



Por dentro cosi o forro em tecido branco (não, não está perfeito), e bordei o nome dele para melhor identificação.

Existe outro tutorial bastante explicativo para fazer este chapéu, mas reversivel. A ideia é fazer 2 chapeus em tecidos diferentes e depois cose-los de modo a que possa ser usado dos dois lados.
Podem encontrá-lo no blog: Apple Green Cottage.


E aqui está ele. O meu pequenino, que cresce a olhos vistos....


Sem comentários: