Translate

sábado, 15 de abril de 2017

Calções de Rapaz - Arthur Chinos

O site português da Suco by Susana lançou no mês passado um molde de calças/calções para rapaz com tamanhos entre os 3 e 14 anos, chamado Arthur Chinos.

Resolvi comprar o molde e experimentar os tamanhos dos meus filhos.

O primeiro modelo que fiz foram os calções para o mais o velho.



O molde lançado tem várias variações: calças e calções e 2 tipos de bolsos e a baínha simples ou com virola.

Escolhi o molde de calções com bolso de chapa e baínha simples.

Comprei sarja preta para os calções e para os bolsos um tecido muito radical com caveiras.


As instruções que vêm com o molde são em português e inglês e são muito, muito fáceis de perceber e entender.

Foi a minha primeira vez a fazer calções com braguilha. Nunca tinha tentado fazer, pois achava (e ainda acho) que é uma coisa dificilima.


Mas com as instruções passo-a-passo e executando-as com cuidado e calma, resultou bem.


Para os bolsos de chapa e para o forro dos bolsos da frente utilizei um tecido em algodão com um estampado com caveiras.






Apesar do meu filho estar a uma semana de fazer os seus 12 anos, ele é muito magro e de acordo com a tabela das medidas do molde, escolhi fazer o tamanho 10 anos. Depois de terminar e fazer a prova, creio que até podia ter feito um ou dois tamanhos abaixo.

Mas ele gostou dos calções e disse que se sentia bem neles.



E já me pediu para lhe fazer mais com outros tecidos.

Irei de seguida experimentar fazer outros para o meu filho mais novo.


domingo, 9 de abril de 2017

Blusa Sorbetto - Nova Versão Actualizada


O site da Colette Patterns lançou uma nova versão do Top Sorbetto.

Até então, o top está disponível apenas em top simples sem mangas. Vejam as versões anteriores que fiz aqui e aqui.


Agora, a Colette Patterns reformulou o molde do top Sorbetto e lançou 3 novas versões actualizadas com tamanhos para todas as medidas.

A primeira versão é a versão normal: Top simples sem mangas.
 

A segunda versão é uma túnica sem mangas.


E a terceira versão é a minha preferida: Uma blusa com mangas.


E como o molde é de download grátis, decidi logo experimentar.

O tecido escolhido foi comprado na Feira dos Tecidos na zona dos retalhos. É algodão azul marinho com pequenas estrelas brancas.


Esta nova versão é actualizada, mas tem as suas contrapartidas. As medidas que têm na tabela não estão totalmente correctas.

Segunda a tabela de medidas, o tamanho que eu deveria cortar para mim seria o 18. Acontece que a blusa ficou enorme e tive de baixar uns 3 ou 4 tamanhos para que me ficasse bem.
 

Mas gosto muito da blusa. É uma blusa descontraída, prática e consoante com a escolha dos tecidos, podemos usá-la aos fins-de-semana ou para trabalhar.


Na prega central, cosi uma fita de cetim branca em cada lado da prega.


Hoje, aproveitando o sol e o bom tempo, saímos com os míudos para dar uma volta e levei a minha Blusa Sorbetto nova.


É um molde a repetir e tentar outras variançoes com a prega e as mangas.

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Bolsas da Páscoa (com tutorial)

 A Páscoa está a chegar e as férias da Páscoa também.

Mas antes de ir de férias, fiz umas bolsinhas para o pequenino oferecer aos coleguinhas, professora e auxiliares.

E mostro também um tutorial como fazer estas bolsinhas.


 Materiais necessários:

- Tecidos estampados, coloridos e divertidos
- Feltro branco
- Molde de um coelho (vejam aqui mais moldes de coelhos)
- Fita branca (esta comprei numa loja chinesa. 22 metros a 1€)
- Fita de debrum com ponpons


O primeiro passo consiste em cortar um rectangulo do tecido estampado com 30 cm x 13 cm.


Em cada berma, fazer uma dobra para o avesso de 2,5 cm.

E coser ao longo dessa dobra.



Depois com a ajuda de alfinetes, cortar o coelho mediante o molde com o feltro branco.

Coser o coelho numa das partes da bolsa.


 Da fita de debrum com os ponpons, corta-se um ponpom e cose-se à mão no coelho.



 Vira-se o rectangulo do avesso, dobra-se ao meio e cose-se ao longo das duas bermas, para fechar a bolsa.




Nas pontas em baixo faço uma pequena costura em triangulo.


E fica assim:


Viro a bolsa do lado direito e fica assim:


De seguida vamos colocar as fitas, com a ajuda de uma alfinete de dama.


 

Depois de correr a fita por dentro das dobras que incialmente fizemos nas bermas da bolsa, damos um pequeno nó para a fita não "fugir".


E está pronta a nossa bolsa da Páscoa. Vamos agora "recheá-la".


Comprei embalagens de amêndoas da Páscoa.


Abri um guardanapo e coloquei 4 amêndoas no centro do guardanapo.



Fechei o guardanapo com as amêndoas lá dentro e coloquei dentro da bolsa.




E já está! Pronta para ser oferecida.


E hoje foram cerca de 30 bolsas para a escola para serem oferecidas aos coleguinhas, professora e auxiliares.


Boa Páscoa!



domingo, 26 de março de 2017

Flores em Tecido (com tutorial)


Esta semana, o meu filho mais novo pediu-me para fazer flores para oferecer a meninas da sala dele.

Perguntei-lhe quantas? E ele respondeu "Todas!"

E assim fiz. A Primavera chegou e chegou com chuva. Nada mais simples que fazer flores em tecido para alegrar esta Primavera cinzenta.


Para quem quiser fazer flores e aproveitar os retalhos que tem em casa, estas flores são bastantes simples de fazer.

Materiais:

- Tecido verde para o caule (neste caso verde com bolinhas brancas).
- Vários tecidos estampados coloridos para as flores.
- Molde para a flor (encontram os mais variados moldes na internet).
- Espuma de enchimento (podem comprar uma almofada e usar o conteúdo).


Primeiro desenhei o molde da flor num dos tecidos estampados.


Cortam-se os tecidos. O rectangulo para o caule (tecido verde) terá as medidas de 6,5 cm x 13,50 cm. 
 

Dobra-se ao meio o rectangulo verde e cose-se pelo rebordo.


Na borda mais estreita, cose- se em curva para ficar com a ponta redonda. Depois vira-se para o lado direito.


E enche-se com a espuma de enchimento.


De seguida, cose-se o tecido estampado previamente cortado com o molde da flor e cose-se pela borda num outro tecido estampado.
 

 Depois de coser os dois lados da flor, apara-se e cose-se em ponto zig-zag na borda para o tecido não desfiar. Não é necessário grande preceito.



A seguir corta-se um circulo em tecido estampado contrastante. Deixa-se uma pequena abertura para colocar um pouco de espuma de enchimento.


Depois de encher com espuma acaba-se de coser para o circulo ficar fechado.


Depois vamos coser à mão o caule à parte de trás da flor. Aqui também não cosi com grande preceito, já que irá ficar por detrás da flor.



 E assim fica pronta a flor. É rápido e simples.


Ao todo fiz 16 flores para o pequenino oferecer às amigas da escola, juntamente com a professora e auxiliares.

  


Se quiser alegrar alguma divisão da sua casa, basta aumentar o tamanho do caule e das flores e pode colocá-las numa jarra.

Estas de certeza que não murcham!