Translate

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Blusa/Top Sorbetto Cornucópias



Gostei tanto do molde, que tive de repetir.




 O tecido escolhido, comprei-o na Feira dos Tecidos, a € 3,00 o retalho. É um algodão com estampado de cornucópias, muito leve e de fácil execução.





Desta vez, e ao contrário do modelo anteriormente feito, fiz a prega tal como indica no molde. Mas fi-la apenas com 5 cm de largura. 



E adicionei mangas.





Gosto muito como ficou. 
É muito, muito confortável e tenho a certeza que é um molde a repetir.


domingo, 16 de agosto de 2015

Saco "Era uma Vez..." - versão menina


E fiz um saco "Era uma vez..." versão menina.

Escolhi elementos mais orientados para meninas.

Este já está na loja.








domingo, 26 de julho de 2015

Bolsa para brincos - Dia dos Avós

Para celebrar o dia dos Avós, fiz esta bolsa para oferecer à minha mãe, avó dos meus filhos.

Ela já me tinha pedido para eu, um dia, lhe fazer uma bolsa destas.
Tem muitos brincos e não os quer "espalhados".

Assim, tem-nos organizados e expostos.




O interior da bolsa foi feito com feltro para que facilmente se possa colocar os brincos.




Na parte de trás cosi a minha etiqueta.


Feliz Dia dos Avós a todos as avós e avôs!

sábado, 25 de julho de 2015

Saco “Era uma vez…”

Aproveitando o meu tempo livre e o facto de estar em casa com o meu filho mais novo, vou pesquisando na net coisas novas para ir experimentando.

Vi esta ideia muito engraçada. Um saco com pedras pintadas com desenhos.




Destinada maioritariamente a desenvolver a criatividade e imaginação da criança. Como o meu “dom” não é de todo a pintura em pedras, mas sim a costura, decidi fazer um saco “Era uma vez…” com pequenas almofadas.

Para o saco, cortei 2 rectangulos de 28 cm por 20 cm.
Cosi de lado e em baixo. Fiz uma dobra de 4 cm em cima para deixa espaço para tira.



Numa das partes do saco, fiz uma espécie de nuvem e bordei o texto “Era uma vez…”


Escolhi os desenhos na internet e passei para uma página reduzindo o tamanho de modo a que cabessem em quadrados de 6 a 7 cm cada um.

Imprimi a folha e passei os desenhos para o feltro com a ajuda de um papel vegetal.
almofadas.






Depois de cosido o desenho a feltro no tecido, coso os dois quadrados e encho com enchimento de almofada.


Os desenhos são colocados dentro do saco e começamos uma história com a criança à medida que vai tirando um desenho do saco.




Resta dizer que o pequenote adorou o miminho que lhe fiz.

Ideal para levar em viagens para eles ficarem entretidos e não aborrecidos.



quarta-feira, 15 de julho de 2015

Tunica Kaftan tutorial – 3ª parte


Benvindas á 3ª e ultima parte do tutorial.

Para fazer o cinto, voltamos outra vez ao excedente de tecido cortado no inicio.
Voltamos a cortar tiras com 2,5 cm de largura, em quantidade suficiente para o comprimento que pretendemos para o cinto.

Podem saltar este passo e comprar fita em cetim para o cinto.



Dobramos a tira ao meio e vincamos com o ferro de engomar.


Com o vinco feito a meio da tira, dobramos para dentro as bermas das tiras.




E cosemos bem junto  às bermas dobradas para dentro.


E temos o cinto terminado.




E colocamos através dos buracos feitos com as casas de botão.




E aqui está a túnica terminada e vestida.

Posso usá-la sem cinto, com o cinto a atar à frente ou a atar atrás.






terça-feira, 14 de julho de 2015

Tunica Kaftan tutorial – 2ª parte


Vamos à 2ª parte do tutorial?


Lembram-se do excedente de tecido que cortaram de tecido? Pegamos nele e cortamos tiras com 2,5 cm de largura.


Dobramos ao meio e unimos à berma do decote do lado do direito.


Cosemos junto à berma e voltamos a dobra para dentro do avesso do decote.
E cosemos. 



O lado direito do decote ficará assim.




De seguida, do lado do direito marcamos 10 cm a partir da berma do tecido. Dos dois lados.
Depois marcamos desde o ombro até +/- debaixo do ombro (no meu caso foram 30 cm).

Cosemos do lado do direito desde esses 30 cm até à baínha do tecido ou até onde pretendemos (cintura ou anca).


Já temos a túnica meio terminada.
Se quiser manter a blusa assim, sem cinto, terá apenas de fazer a baínha da túnica.

Se optar pelo cinto, marcamos cerca de 10 cm a partir do começo da costura lateral (nas cavas).


Vamos fazer os buracos por onde vai passar o cinto. A maneira mais fácil seria cortar o tecido. Eu fiz com casas de botão, para fica mais “aprumado” e sem desfiar o tecido.

Escolho um botão e coloco no pé da máquina para casas de botão.




Escolho o ponto pretendido e coso a casa.




A casa de botão está pronta e utilizo descosedor para abri-la.






Vamos fazer o amanhã na 3ª e ultima parte do tutorial.

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Tunica Kaftan tutorial – 1ª parte


Tenho reparado que têm estado na moda os Kaftans. Não só em forma de vestido para levar para a praia, como também mais curtos em forma de túnica, para usar no dia-a-dia.



Decidi então fazer um para mim, curto, em forma de túnica e com tutorial.

O tutorial irá ser publicado em três partes. Uma hoje, outra amanhã e a terceira depois.

Quem se está a estrear na costura, este modelo é um bom começo. Pois não tem molde e é muito fácil de fazer. Eu fi-lo numa tarde.



Escolhi um retalho na Feira dos Tecidos. É muito leve e fluido e para este género de túnicas queremos um tecido muito fininho, fluido, leve e fresco. 
Podem também escolher tecidos transparentes estampados.


Achei este retalho ideal para este modelo, pois as duas bermas do tecido acabavam da mesma forma. Assim podia dobrar ao meio e a frente e as costas iriam coincidir.

Se quiserem que a túnica se transforme em vestido, basta comprarem dois retalhos.



Segundo passo: medidas.
Para este kaftan, tive como base a medida da anca. Será sempre a parte mais larga do nosso corpo.  Com a medida da anca somei 20 cm, 10 cm para cada lado.
Ou seja: medida da anca + 20 cm.
Dividido ao meio 2x 60 cm + 10 cm= duas partes com 80 cm de largura com 65 cm de comprimento (no meu caso). O comprimento será SEMPRE ao vosso gosto. E a largura será SEMPRE mediante a vossa medida.


Dobrei o tecido ao meio e cortei. E assim volto a coser nos ombros. Foi uma opção minha. Há quem opte, para poupar tempo e apenas dobre o tecido ao meio.

Eu prefiro assim, para o tecido não escorregar quando estiver a fazer o decote.


Fico assim com duas partes iguais. A cada parte corto o excedente, de modo a ficar com a largura pretendida. No meu caso, 80 cm.


Não deitem fora estes pedaços que cortaram. Vão precisar deles para o decote e para o cinto.



Passamos ao decote. Dobrei ao meio cada parte e na dobra do tecido, utilizei um prato para marcar o redondo do decote. Menos decotado nas costas, mais decotado à frente.

Podem optar à frente fazer decote em V.







Depois de cortar o redondo dos decotes, é altura de coser os ombros. Unir direito com direito com alfinetes na berma dos ombros.

E coser.








De seguida fiz uma pequena baínha ao longo do comprimento do tecido de cada lado. Muito pequena, quase enrolada.

Pode optar por coser uma fita de renda, cetim ou mesmo franjas.




Preparadas para a 2ª parte do tutorial?

Até amanhã!